Engenharia Arquitetónica – Uma Única Área Integrada para a Construção

Architectural-Engineering

Architectural-EngineeringA engenharia arquitetónica concentra-se cuidadosamente no “design”, em questões ligadas à construtibilidade, segurança e economia num projeto de construção. Para além disso, ainda lida com os necessários critérios realistas de “design”, tais como as implicações económicas e ambientais, ou ainda sociais e éticas, assim como as de sustentabilidade.

Um engenheiro arquitetónico deve concentrar em si uma série de saberes sobre códigos, leis de construção e ordenamento do território, além de toda a panóplia de conhecimentos que um arquiteto possui. A quem queira seguir esta carreira recomendamos um curso superior numa instituição de qualidade e, melhor ainda, complementado por um mestrado.

Para se ser um bom profissional de engenharia arquitetónica, é necessário dominar áreas como o planeamento, a organização e os processos de construção, incluindo projetos e o próprio local de obra. O engenheiro arquitetónico pode optar por uma especialização que lhe permita escolher um nicho de mercado.

Existem várias especializações, como por exemplo na área das estruturas, eletricidade, transporte, acústica e canalizações. As vantagens de uma especialização prendem-se principalmente com a redução da dispersão de tempo e de recursos e com a visibilidade e saída no mercado de trabalho. Um especialista de renome será preferido para as grandes obras e poderá em pouco tempo ver-se na agradável (de um ponto de vista profissional) situação de ter de recusar trabalhos.

Esta área de trabalho, como já referimos, pressupõe uma acumulação de saberes de várias outras áreas, sem que haja uma dispersão dos conhecimentos. É um casamento perfeito entre a arquitetura e a engenharia civil. O resultado? Um engenheiro arquitetónico conjuga em si a imaginação e a otimização da funcionalidade e dos custos relacionados com um projeto.

Um engenheiro arquitetónico de sucesso deverá ser flexível e inovador, mantendo ao mesmo tempo o respeito pelas leis e regras de construção locais, pois será ele o responsável por toda a supervisão da obra.